2018-05-28
O Centenario da República Popular do Azerbaijao celebrada em Qoyas

No dia 15 de março de 2018 foi realizada a cerimônia de inauguração da exposição fotográfica dedicada ao 100º aniversário da independência da República do Azerbaijão. A exposição fotográfica aconteceu no Centro Cultural Cora Coralina, em Goiânia, GO, realizado pela Embaixada do Azerbaijão no Brasil, em parceria com o Governo do Estado de Goiás e Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Esporte do estado de Goias.

Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República do Azerbaijão na República Federativa do Brasil, o Sr. Elkhan Polukhov, destacou em seu discurso que o Azerbaijão celebra seu centenário neste ano e também celebra o 25º aniversário do estabelecimento de relações diplomáticas entre a República do Azerbaijão e a República Federativa do Brasil. O embaixador enfatizou que existem muitas semelhanças entre o Azerbaijão e o Estado de Goiás, criando condições favoráveis para o desenvolvimento das relações em várias áreas.

O Embaixador disse que as fotos apresentadas ao público na exposição fotográfica são obras de artistas famosos do Azerbaijão e mostram diferentes regiões do país e da capital do Azerbaijão - Baku. Essa foi a primeira exposição organizada pela Embaixada do Azerbaijão no estado de Goiás com o objetivo de divulgar mais informações sobre o passado e o futuro do Azerbaijão.

Mais tarde, o embaixador observou que hoje o Azerbaijão é líder econômico no Cáucaso e é um país que mantém estreitos laços políticos, econômicos e culturais com o Brasil.

Durante o evento, representantes do Estado de Goiás, disse ter o prazer de ver o Embaixador do Azerbaijão no Estado de Goiás e falou sobre a relação entre o Azerbaijão e o Estado de Goiás.

O diretor do Departamento de Relações Internacionais do Estado de Goiás recebeu o embaixador Elkhan Polukhov e agradeceu aos participantes da exposição fotográfica.

No final da cerimônia de abertura, os convidados receberam uma variedade de apresentações. O evento, onde o governo local, cultura, ciência, estudantes e professores participaram, foi amplamente coberto pelos meios de comunicação do Estado.